Em 1998, um grupo de funcionários públicos municipais de Ourinhos, com o objetivo de fortalecer e unir a categoria em prol dos seus direitos, decidiu criar uma entidade para representar a classe.

Surgiu então a Associação Profissional dos Servidores Públicos de Ourinhos. Na época, a associação recebeu uma área do então prefeito Clóvis Chiaradia para construção da primeira sede da entidade, localizada no Jardim São Silvestre.

A fim de ter maior representatividade e organização, foi criado no dia 14 de fevereiro de 1990, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de Ourinhos que, através de seu estatuto, ficou legalmente constituído para exercer as funções como entidade.

O Sindicato iniciou sua trajetória em uma sede provisória na avenida Altino Arantes. Nos primeiros anos, passou por vários endereços, como nas ruas Antonio Carlos Mori, Gaspar Ricardo e rua Chavantes. Na atual gestão, o Sindicato foi reorganizado na sede da CUT, na avenida Jacinto Sá e, no dia 15 de dezembro de 2011, a entidade inaugurou a sua sede própria, em um prédio com instalações modernas na Vila Perino, sendo uma das principais conquistas da diretoria, com a participação dos municípios da base territorial.

Ao longo dos anos, a entidade passou por inúmeras estruturações e elegeu novas diretorias. Um dos principais objetivos do Sindicato hoje é atuar em busca de melhores condições de trabalho para a classe, bem como maior valorização do funcionalismo público de Ourinhos e região.

Atualmente, o Sindicato representa o funcionalismo municipal de 19 municípios:

  • Ourinhos,
  • Álvaro de Carvalho,
  • Alvinlândia,
  • Barão de Antonina,
  • Bernardino de Campos, C
  • ampina do Monte Alegre,
  • Campos Novos Paulista,
  • Canitar,
  • Chavantes,
  • Duartina,
  • Gália,
  • Ibirarema,
  • Ipaussu,
  • Lupércio,
  • Ocauçu,
  • Oscar Bressane,
  • Ribeirão do Sul,
  • Salto Grande,
  • Ubirajara.